Notícias

Movijovem assina Acordo de Empresa que estabelece salário sempre superior ao salário mínimo nacional

O novo Acordo de Empresa (AE) da Movijovem, organização que administra as Pousadas de Juventude e o Programa Cartão Jovem e gere, em parceria com a CP, o passe Intra_Rail, valoriza as condições salariais e sociais dos trabalhadores, com destaque para o estabelecimento de um salário mínimo sempre superior ao salário mínimo nacional.

O documento foi assinado esta quarta-feira (28) na Pousada de Juventude de Almada, com a FEHSAT - Federação dos Sindicatos de Agricultura, Alimentação, Bebidas, Hotelaria e Turismo de Portugal, na presença do Secretário de Estado da Juventude e do Desporto, João Paulo Rebelo. Este novo acordo impede também que a diferença salarial entre o ordenado mais alto e mais baixo dentro da organização seja superior a cinco vezes.

O AE reforça também o subsídio de alimentação, o abono por falhas e os valores pagos por trabalho em dias de descanso ou feriados. O crédito anual de alojamento, para utilização em toda a rede nacional de Pousadas de Juventude, e o acesso ao seguro de saúde por parte dos trabalhadores foram também incrementados, sublinha a organização.

João Paulo Rebelo, secretário de Estado da Juventude e Desporto - Movijovem

João Paulo Rebelo, Secretário de Estado da Juventude e do Desporto, congratulou-se pela celebração deste Acordo de Empresa, considerando que este “demonstra bem a valorização permanente que a Movijovem faz dos seus trabalhadores”. O Secretário de Estado destacou, ainda, que “num contexto tão atípico quanto difícil, como aquele que vivemos, a Movijovem tem dando um enorme exemplo com o compromisso que demonstra com a sua missão e responsabilidade social”.

Nuno Coelho Chaves, presidente da Direção da Movijovem, sublinha que o Acordo de Empresa corporiza a prioridade dada pela gestão “às pessoas, aos trabalhadores da Movijovem, que são sempre o nosso mais importante ativo”.

“Num ano particularmente difícil como aquele que atravessamos, para nós é clara a opção de estar do lado dos nossos trabalhadores e das suas famílias”, explica, acrescentando que este Acordo de Empresa “é também um importante sinal para o futuro e que surge como reafirmação do nosso compromisso com os trabalhadores que, neste período de pandemia, tal como sempre, se mostraram à altura dos desafios que nos foram colocados”.

Nuno Coelho Chaves afirma que este “é um inequívoco sinal de confiança no trabalho e no futuro da Movijovem”, apontando: “Depois de os nossos trabalhadores estarem ao lado dos portugueses, aquando da disponibilização das Pousadas de Juventude no apoio ao combate
à pandemia, e se empenharem numa exigente retoma, onde somos também um importante suporte ao Plano Nacional de Alojamento para o Ensino Superior, é altura de reconhecer o seu empenho e compromisso”. 

Francisco Figueiredo, dirigente da FEHSAT, frisa a importância do resultado alcançado com a celebração deste AE, considerando que este “é relevante para reforçar a defesa dos direitos fundamentais dos trabalhadores”.

“A negociação firme e focada que mantivemos ao longo dos últimos meses resulta num acordo que beneficia os trabalhadores, que passam a ter mais regalias e melhores condições para fazerem o seu trabalho”, continua. O responsável sindical salienta ainda “a postura colaborativa sempre adotada pela Movijovem”.

Cabe a esta cooperativa, cujos cooperantes são o Instituto Português do Desporto e Juventude (IPDJ), o Conselho Nacional de Juventude (CNJ) e a Federação Nacional das Associações Juvenis (FNAJ), a gestão de uma das maiores redes de alojamento do país, com 42 unidades no território nacional.

Em 2020, a responsabilidade social tem sido tónica forte para a Movijovem, que se notabilizou pela disponibilidade que manifestou, entre março e julho, na cedência das Pousadas de Juventude para apoiar o combate à pandemia de Covid-19 em várias regiões do país.

Contactos

Rua Lúcio de Azevedo, 27
1600-146 Lisboa | Portugal
Tel. +351 217 232 100

movijovem@movijovem.pt
www.movijovem.pt

Segue-nos